Nota de esclarecimento do vereador João Cara de Anjo sobre a cobrança da Taxa de Iluminação Pública

Vereador João Cara de Anjo
 Confira com exclusividade a manifestação por escrito do vereador João Ferreira Pinto (João Cara de Anjo), do PDT, em relação a Taxa de Iluminação Público, que após oito anos voltou a ser cobrada. Cara de Anjo afirma em diversos momentos que sempre esteve contra essa taxa e continuará a favor da população em prol de uma diminuição nos impostos, juros e taxas que são cobradas da sociedade civil à população.  

       “ Povo SulParaibano, informa a vocês que sempre fui contra a Taxa de Iluminação Pública. Não a aprovei quando fui vereador em meu 1º mandato (2001-2004), quando a taxa foi criada a pedido do então prefeito Rogério Onofre. Mais uma vez informo que, além de votar contra, paguei 8 horas de carro de som, convidando o povo a assistir a reunião quando ocorreu a votação que foi aprovada por 7 votos dos vereadores da bancada do Prefeito Rogério Onofre. Portanto não foi aprovada por mim, que votei contra na época.
       A Câmara de 2005 a 2008 fizeram uma lei que impediu a cobrança durante estes anos, mas infelizmente a justiça derrubou a lei que suspendia a cobrança e o Srº Prefeito teve o direito de cobrar. Povo SulParaibano, JAMAIS VOTAREI EM LEI QUE VENHA PREJUDICAR A POPULAÇÃO, que mesmo sacrificada com essa carga de imposto não são bem atendidas pelo poder público em todas as esferas, seja do governo federal, estadual e municipal.”
João Ferreira Pinto – João Cara de Anjo 
 Vereador.

8 comentários:

Anônimo disse...

Falou bonito vereador! Queremos o fim dessa taxa absurda e contamos com você pra nos defender na Câmara.

Vera Lúcia de Almeida Miranda - moradora do Inema.

Anônimo disse...

Vereador João Cara de Anjo, este assunto não é seu, vc não votou a favor disto, portanto não precisa se envolver nesta polêmica, vc já vem fazendo um bom trabalho na Câmara.

marcia disse...

meu nome e marcia eu e a minha familia samos contra a conbrança da taxa de iluminação publica o pobre ja gannha pouco ,e tem que ainda que pagar taça de iluminação de rua eu não concordo com istou isso é um abisurdo

igor disse...

a taxa de iluminação publica é uma conta de incopetência de rogério onofre e as corjas de vereadores que puxavam seu saco.
parabéns cara de anjo e estamos juntos e contra a taxa de iluminação pública.


igor - parque salutaris

Anônimo disse...

ate q fim algum vereador se propnunciou sobre esse absurdo. o pessoal do limoeiro já esta fazendo abaixo assinado pra acabar com essa taxa

prabens vereador

Equipe Paraíba do Sul Online disse...

Gostaria de agradecer os leitores que comentaram.
Abraços

Anônimo disse...

O Turma de ignorante, a fonte de receita criada, não se chama Taxa de Iluminação, o nome correto é Contribuição de Iluminação, por isto é legal.

Ilegal foi fazer uma Lei para tirar a fonte de receita por iniciativa do legislativo, além de inconstitucional como foi definido pela Justiça.

Se querem tirar a fonte de receita,extinguindo a Contribuição e não taxa, basta o Prefeito enviar um projeto de lei a Câmara extinguindo a fonte de receita.

Assim não haveria mais a cobrança da Contribuição. Ponto final.

Anônimo disse...

E um absurdo essa cobrança de contribuiçao de iluminaçao publica,nao acho correto pagarmos uma coisa que nao sabemos o que consumimos,a luz de casa e paga atraves de um medidor.porque entao nao se coloca um medidor em cada rua, ai sim vamos pagar pelo que consumimos ,e nao o que as autoridades estao nos empondo.parabens vereador..sei que vc sempre foi contra essa cobrança.